fbpx
  • (19) 3429-1199
  • Estr. Vicente Bellini - Conceição, Piracicaba - SP, 13427-230

Chá de Agoniada

Planta medicinal muito utilizada para aliviar as cólicas menstruais e regular o ciclo menstrual, mas também pode ser utilizada para tratar problemas respiratórios, como asma e bronquite.

Descrição

Planta: Agoniada

Nome científico: Plumeria lancifolia Muller Arg.

Sinonímia Científica: Himatanthus lancifolius (Müll. Arg.) Woodson.

Nome popular: Agonia, agonium, arapou, arapuê, arapuo, colônia, guina-mole, jasmin-manga, quina-branca, quina-mole, sacuíba, sucuba, sucuriba, sucuúba, tapioca, tapouca, tapuoca.

Família: Apocynaceae.

Parte Utilizada: Casca.

As frações ricas em alcaloides indólicos das cascas, assim como os compostos isolados, mostraram-se significativamente ativos, apresentando atividades antimicrobiana, antiespasmódica, gastroprotetora e anti-inflamatória.

Febrífuga, balsâmica, combate cólicas menstruais, febre, asma brônquica e ansiedade. Emprega-se nas afecções histéricas, na asma, nas atorrías gastrointestinais, nos catarros crônicos, na clorose, nas febres intermitentes. Amenorreia: como estimulante da função gonadal e regulador dos ciclos menstruais; Dismenorreia: analgésico, sedativo e antiespasmódico; TPM com ansiedade, constipação intestinal, dispepsia, dismenorreia e edema: como diurético, estimulante da função gonadal, laxante, protetor da mucosa gástrica, sedativos e regulador dos ciclos menstruais;

Edemas relacionados com o eido menstrual: como diurético; Irregularidades menstruais: como estimulante gonadal e regulador; Leucorréia crônica: como anti-inflamatório. Adenopatia satélite associada a infecções ginecológicas: como anti-inflamatório, resolutivo e linfotrópico. Dispepsia, gastrite e epigastralgia associadas ou com agravação perimenstrual: como laxativo, sedativo, protetor da mucosa gástrica e antiespasmódico.

Toxicidade/Contraindicações

Uso não indicado durante gravidez, aleitamento materno e para crianças.