fbpx
  • (19) 3429-1199
  • Estr. Vicente Bellini - Conceição, Piracicaba - SP, 13427-230

Chá de Erva de Bicho

Erva-de-Bicho é uma planta medicinal muito utilizada para tratar as hemorroidas devido às suas propriedades hemostáticas, vasoconstritoras, cicatrizantes e anti-inflamatórias.

Descrição

Planta: Erva de Bicho

Nome científico: Polygonum acre HBK.

Sinonímia Científica: Polygonum hydropiperoides Pursh; Polygonum acuminatum Bello; Polygonum puntactum Elliot.

Nome popular: Erva de bicho, acataya, caataiá, capetiçoba, capiçoba, capitiçoba, capitiçova, persicaria, pimenta-d’-água, pimenta do brejo, curage.

Família: Polygonaceae.

Parte Utilizada: Caule e folha.

Indicações e Ação Farmacológica

Adstringente, estimulante, febrífuga, diurética, vermicida, anti-gonorréica, anti-hemorroidária, tratamento das úlceras varicosas, da erisipela, fístulas anal, e purgativa. Combate também dores reumáticas, artríticas, blenorragias, diarréias com sangue, febres perniciosas, congestões cerebrais, dificuldades de raciocínio. Promove um efeito hemostático anti-inflamatório, Em Homeopatia é específico das hemorroidas, principalmente quando existe hemorragia, varizes, cólicas flatulentas, úlceras superficiais dos membros inferiores.

Os glucosídeos, princípios ativos da erva de bicho, são capazes de favorecer ou acelerar a coagulação do sangue exercendo também ação sobre sua viscosidade.

A Erva de bicho estimula a circulação e diminui a fragilidade capilar, tendo efeito hemostático, bastante útil no tratamento de hemorroidas.

Exerce uma ação diurética, sendo útil nos casos de retenção urinária, bem como nos casos de afeções urinárias.

Toxicidade/Contraindicações

Por apresentar um efeito emenagogo (aumento do fluxo menstrual) e abortivo, esta espécie não deve ser administrada durante a gravidez. Contraindicada para crianças e gestantes.