fbpx
  • (19) 3429-1199
  • Estr. Vicente Bellini - Conceição, Piracicaba - SP, 13427-230

Chá de Erva de São João

O chá de Erva de São João tem sua ação mais conhecida por colaborar no tratamento de depressão leve a moderada..

Descrição

Planta: Erva de São João

Nome científico: Ageratum conyzoides L. Sieber

Sinonímia científica: N/A

Nome popular: Erva de São João, mentrasto, picão roxo, catinga de bode, catinga de barão, celestina, mentraz, camará opela.

Família: Asteraceae.

Parte Utilizada: Folhas.

Indicações e Ação Farmacológica

Possui ação analgésica, antiespasmódica, anti-inflamatória, bactericida, relaxante muscular, inseticida, vulneraria, antirradicais livres, depurativa, febrífuga, digestiva, anti-hemorrágica, carminativa, diminui a formação de muco e laxante suave.

Indicado seu uso em casos de cólicas e gases intestinais, distensão do abdômen, cólica uterina, afecções das vias respiratórias (bronquites, muco branco, resfriados, tosse, rinite alérgica, sinusite), afecções das vias urinárias, reumatismo agudo, artrose, contusões, dores musculares, diarreia crônica, fezes pastosas, disenteria, ulceras crônicas, caspa, suavizante e desodorizante dos cabelos, amenorreia, menopausa e TPM.

Toxicidade/Contraindicações

A planta contém alcalóides pirrolizidínicos que são hepatotóxicos. Altas doses por longos períodos provoca hipertensão arterial. Não ultrapassar as doses recomendadas. Os tratamentos longos devem ser interrompidos por uma semana a cada mês.

Contraindicada para diabéticos e pacientes com doenças hepáticas crônicas.